PRESS RELEASE

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2007 14:00

Novo caminhão Scania P 310 6x4 é opção para faixa inicial dos “fora-de-estrada”

Em resposta à dinamização das atividades de movimentação de carga em setores como a construção civil e a exploração florestal e canavieira, a Scania complementa sua linha de caminhões pesados “fora-de-estrada” com a introdução do P 310 6x4, indicado para o peso bruto total (PBT) de até 28,5 toneladas.

“A Scania já tem seus produtos para aplicações severas muito bem posicionados nos segmentos que transportam elevadas cargas, como minas, grandes obras de infra-estrutura, áreas florestais e agricultura. Faltava uma opção para atender obras em canteiros urbanos, movimentação de cana-de-açúcar em composições veiculares mais leves e serviços de apoio, como guindastes e lubrificação. São veículos que não transportam tanta carga, mas trafegam igualmente em topografias acentuadas”, explica Roberto Leoncini, gerente executivo de Vendas de Caminhões da Scania.

O novo veículo possui motor de 9 litros, com 310 cavalos de potência e torque de 1.550 Nm entre 1.100 e 1.300 rpm, o maior de sua categoria. Além da capacidade de 28,5 toneladas de carga, o veículo pode tracionar configurações do tipo Romeu e Julieta, que superam 50 toneladas, característica herdada dos caminhões maiores da Scania, graças à suspensão traseira por molas trapezoidais, dois eixos de tração e chassi reforçado. Completam a especificação escapamento vertical, entrada de ar alta para o motor - opcional ideal para operação sujeita a muita poeira, e pára-lamas em peças únicas, para maior resistência.

O preço do P 310 6x4, em sua configuração básica, é de R$ 265 mil. Há opção de cabina simples ou com leito, tomada de força para a caixa de mudanças, ar-condicionado e diferentes níveis de acabamento interno.

A gama de produtos Scania para aplicações severas, tipo “fora-de-estrada”, é agora formada pelo P 310 6x4 e pelos P 420 6x4, R 480 6x4 e P 420 8x4, estes três com capacidades de carga (PBT) de 38,5 toneladas na versão 6x4 e 47 toneladas na versão 8x4. Para a tração, mesmo em topografias adversas, os veículos P 420 e R 480 podem chegar a até 150 toneladas, em composições de várias carretas.

Em 2006, os veículos 6x4 e 8x4 para mineração, transporte de cana-de-açúcar e madeira representaram mais de 15% do total das vendas de caminhões da Scania no Brasil. O maior volume, acima de 80%, refere-se ao transporte rodoviário de cargas.

A Scania é um dos líderes mundiais na fabricação de caminhões pesados, ônibus e motores industriais e marítimos. Com 30 mil funcionários, a Scania possui operações industriais na Europa e na América Latina. Em 2006, suas receitas somaram 7,8 bilhões de euros. A atuação da Scania estende-se por mais de 100 mercados e cerca de 95% de suas vendas ocorrem fora da Suécia, seu país de origem.