PRESS RELEASE

quinta-feira, 21 de novembro de 2013 14:00

Scania R 440 é o campeão em emplacamentos da indústria em 2013

Modelo detém 18% de participação e seus principais diferenciais são economia de combustível, desempenho e conforto; marca também lidera a faixa de caminhões pesados

São Paulo, 21 de novembro de 2013 – A Scania permanece como a líder do mercado de caminhões pesados em 2013 com uma participação de 32%. De janeiro a outubro, foram emplacados 14.744 veículos da marca acima de 45 ton de capacidade máxima de tração (CMT). Um dos motivos para esse resultado é a performance do R 440. Além de ser o pesado com o maior número de registros da categoria, com 8.459 unidades, o que lhe rende uma participação de 18%, o produto se tornou o mais emplacado da indústria brasileira de veículos comerciais. Os dados são da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). 


“O ano de 2013 tem sido especial para a Scania. Não podemos esquecer que fomos os primeiros a vender os produtos Euro 5 no Brasil em outubro de 2011. Essa estratégia acertada nos rende frutos até hoje. Prova disso é a liderança nos pesados e o excelente momento vivido pelo R 440”, afirma Roberto Leoncini, diretor-geral da Scania do Brasil. “O R 440 é o caminhão acima de 45 ton de maior rentabilidade e economia de combustível, atributos reconhecidos pelos clientes, que dizem que caminhão Euro 5 é Scania.” 


“Nossa expectativa é ainda mais positiva para o desempenho do modelo em 2014, pois a grande novidade é que agora o R 440 ganhou sua versão Streamline. O pesado que já é o mais econômico na opinião dos clientes agora pode reduzir em até 4% o consumo de diesel em relação a sua versão tradicional”, salienta Leoncini. 


O R 440 possui motor 13 litros de 440 cavalos que desenvolve eficiente torque de 2.300Nm já a 1.000 rpm, garantindo maior economia. Ele é oferecido nas configurações de roda 4x2, 6x2 e 6x4 e tem vocação para aplicações de longas distâncias com implementos baú, sider, carga seca, caçamba, contêiner, frigorífico, tanque e cegonha. Possui a maior capacidade de arraste e a cabine de maior ergonomia e conforto do segmento, que garante ambiente de trabalho mais saudável e seguro. Equipado com a caixa automatizada de maior destaque no mercado, o Scania Opticruise (agora na quarta geração), ele é capaz de oferecer a melhor rentabilidade com disponibilidade, aliado a programas de manutenção que se ajustam às necessidades do transportador.


Liderança nos pesados

De janeiro a outubro de 2013, a Scania obteve 14.744 caminhões emplacados, um crescimento de 92% em comparação com as 7.656 unidades registradas no mesmo período de 2012. Volume que rendeu participação de 32%. 




Marca que mais cresce nos semipesados 

Os resultados positivos também acompanham a Scania no segmento de caminhões semipesados. No acumulado de janeiro a outubro, o montante chega a 1.352 veículos, numa alta de 68,2% no comparativo com 2012. A participação atual no mercado é de 3,4%.


“Somos a marca que mais cresce no segmento e os clientes já visualizam a Scania como fabricante também de semipesados. Nós oferecemos a mesma cabine do modelo rodoviário, ou seja, de igual qualidade. A força de vendas está sendo cada vez mais capacitada e segmentada para atender o cliente de forma personalizada”, diz Leoncini. 


Os diferenciais dos semipesados Scania são caixa automatizada como opcional (Scania Opticruise), maior torque (1.550Nm), que garante superior economia de combustível e maior agilidade de entrega, tração 8x2 original de fábrica, balança digital no painel (para medir o peso e ajudar o motorista a estar dentro da Lei da Balança) e suspensão a ar. 


A linha está disponível com opções de potência de 250, 270 (único motor a etanol da América Latina) e 310cv e nas configurações de roda 4x2, 6x2 e 8x2. 

A Scania é um dos principais fabricantes mundiais de caminhões e ônibus para transporte pesado e de motores industriais e marítimos. Os produtos de serviços têm participação crescente nos negócios da empresa, assegurando aos clientes soluções de transporte econômicas e com alta disponibilidade operacional. Com 38.600 colaboradores, a Scania está presente em mais de 100 países, com linhas de produção na Europa e América do Sul com possibilidade de intercâmbio global de componentes e veículos completos. Em 2012, as receitas totais da Scania alcançaram 79,6 bilhões de coroas suecas e o resultado financeiro após a dedução de impostos foi de 6,6 bilhões de coroas suecas.